Tags

dainya, ātma-nivedana, goptṛtve varaṇa saranagati9
‘avaśya rakṣibe kṛṣṇa’—viśvāsa pālana [3] 
bhakti-anukūla-mātra kāryera svīkāra 
bhakti-pratikūla-bhāva varjanāṅgikāra [4]

(3–4) Humildade, auto submissão, aceitar a proteção do Senhor, manter a fé de que ‘Kṛṣṇa certamente me protegerá’, engajar apenas em atividades que são favoráveis à devoção, e rejeitar tudo que for desfavorável à devoção…

dainya: “Humildade”. Isso também é conhecido como kārpaṇya, a experiência da sua própria condição lamentável. Dainya foi definido no Śrī Śrī Prapanna-jīvanāmṛtam (8 .1–2):

bhagavan rakṣa rakṣaivam ārta-bhāvena sarvataḥ
asamorddhva-dayā-sindhor hareḥ kāruṇya-vaibhavam
smaratāṁś cha viśeṣeṇa nijāti-śochya-nīchatām bhaktānām ārti-bhāvas tu kārpaṇyaṁ kathyate budhaiḥ

“‘Ó Senhor, por favor me proteja, me proteja…’ Assim, rezar em um humor de angústia, relembrar todos os aspectos da grandeza da misericórdia do Senhor Supremo, o oceano de compaixão sem paralelo, e relembrar sua própria e lamentável baixeza—esta condição dos devotos é descrita pelos eruditos como kārpaṇya”.

ātma-nivedana: “Auto submissão”. Isso também é conhecido como ātmotsarga, auto dedicação, e foi definido no Śrī Śrī Prapanna-jīvanāmṛtam (7.4):

kṛṣṇāyārpita-dehasya nirmamasyānahaṅkrteḥ
manasas tat svarūpatvaṁ smṛtam ātmā-nivedanam “

Ātmā-nivedan é conhecido como a condição de se oferecer à Kṛṣṇa (apenas para satisfazê-lO), sendo desprovido de possessividade e falso egoísmo”.

goptṛtve varaṇa: “Aceitar a proteção do Senhor”. Isto também é referido como aceitar o Senhor como seu mantenedor e foi definido no Śrī Śrī Prapanna-jīvanāmṛtam (6.1–2):

he kṛṣṇa! pāhi māṁ nātha kṛpayātmagataṁ kuru
ity evaṁ prārthanaṁ kṛṣṇaṁ prāptuṁ svāmi-svarūpataḥ
goptṛtve varaṇam jñeyaṁ bhaktair hṛdyataraṁ param
prapatty ekārthakatvena tad aṅgitvena tat smṛtam

“‘Ó Kṛṣṇa, por favor me proteja! Ó Senhor, gentilmente me aceite como um de Seus’. Essa prece para alcançar Śrī Kṛṣṇa como seu mestre é extremamente agradável para os corações dos devotos e é conhecida como goptṛtve varaṇam,

‘Aceitar a proteção do Senhor’. Goptṛtve varaṇam expressa o ideal da rendição e é considerado como sendo a própria personificação (aṅgī). (Os outros cinco aspectos da rendição são conhecidos como membros (aṅgas).)”

‘avaśya rakṣibe kṛṣṇa’: “Kṛṣṇa certamente me protegerá”. Isso se refere à fé que ‘Śrī Kṛṣṇa certamente concederá sua proteção’ foi defino no Śrī Śrī Prapanna-jīvanāmṛtam (5.1):

rakṣiṣyati hi mām kṛṣṇo bhaktānāṁ bāndhavaś cha saḥ
kṣemam vidhāsyatīti yad viśvāso ’traiva gṛhyate

“‘Certamente Kṛṣṇa me protegerá, por que Ele é o verdadeiro amigo dos devotos. Ele definitivamente me abençoará com toda boa fortuna’. Aqui, tal fé é sustentada”.

anukūla: “Favorável”. Isso se refere a qualquer coisa que ajude a alcançar Kṛṣṇa e isso foi definido no Śrī Śrī Prapanna-jīvanāmṛtam (3.1):

kṛṣṇa-kārṣṇaga-sad-bhakti prapannatvānukūlake
kṛtyatva-niśchayaś chānukūlya-saṅkalpa uchyate

“Convicção resoluta de fazer tudo que é favorável ao serviço de Kṛṣṇa, fazer o serviço de Seus devotos e render-se é chamado de ānukūlyasya-saṅkalpaḥ, aceitação do favorável”.

pratikūla: “Desfavorável”. Isso se refere à qualquer coisa que seja um obstáculo para alcançar Kṛṣṇa, e foi definido no Śrī Śrī Prapanna-jīvanāmṛtam (4.1):

bhagavad-bhaktayor bhakteḥ prapatteḥ pratikūlake
varjyatve niśchayaḥ prātikūlya-varjanam uchyate

“Convicção resoluta de abandonar tudo que é contrário ao serviço do Senhor, ao serviço de Seus devotos, e se render, é chamado de prātikūlya-varjanam, rejeição do desfavorável”.

Anúncios